—- 

 

Programa de treino personalizado com exercícios em vídeo via web para fazer em casa. O plano de treinos é mensal, composto por aulas de 30 minutos com 5′ de aquecimento, 20′ de treino principal e 5′ de alongamentos. Os objectivos são definidos com o PTweb.

Estes são os passos para conseguir o seu treino

1ª consulta e plano de treino Marcação de consulta pelo nº 962149093 / 211924210 ou pelo email: consultoriodotreino@gmail.com Parâmetros da avaliação física Idade | Altura | Peso | Índice de massa corporal | Percentagem de massa gorda | Índice de massa visceral | Percentagem de massa músculo-esquelética | Metabolismo de repouso | Frequência cardíaca máxima | Frequência cardíaca de treino
Na sua área reservada estão as suas avaliações, programas de treino e evolução.
Veja aqui a área reservada modelo PTweb - password: 0000
Avaliação física gratuita a cada 3 meses.

Condição física e saúde

Medida de referência internacional reconhecida pela OMS (Organização Mundial da Saúde). Consiste na avaliação geral da relação entre o peso e a altura do indivíduo, para indicação do rísco de obesidade. Consiste em dividir o peso do indivíduo em kilogramas pela sua altura em metros ao quadrado. IMC = massa / (altura x altura) Exemplo: uma pessoa que pesa 58 kg e mede 1,65 metros terá como resultado um IMC de 21,3 kgm2. Segundo os dados de referência, esta pessoa tem um peso adequado à altura.
Cálculo da percentagem do peso que corresponde à massa gorda e à massa magra. A massa gorda é constituída pelo tecido adiposo que se situa no tecido celular subcutâneo ou internamente entre os órgãos, sobretudo no abdómen. A massa magra consiste no conjunto de todas as massas não-gordas, como os músculos, os ossos e os órgãos.  
Quantidade de massa corporal gorda em relação ao peso total do corpo, expressa em percentagem. Percentagem de gordura corporal (%) = {massa corporal gorda (kg) / peso (kg)} × 100. Consoante a distribuição da gordura no corpo, esta é classificada como gordura visceral ou gordura subcutânea.
Gordura que se encontra à volta dos órgãos internos e cujo excesso está directamente relacionado com maiores níveis de gordura na corrente sanguínea, o que pode dar origem hiperlipidemia e diabetes. As pessoas metabolicamente obesas (obesidade visceral com peso normal) apresentam níveis de gordura mais elevados que a média, mesmo que o peso da pessoa seja igual ou inferior ao normal para a respectiva altura.
O metabolismo energético (chamada taxa metabólica) mostra-nos a quantidade de calorias que o corpo necessita para manter suas atividades diárias, ou seja, as funções vitais do organismo em repouso e durante a atividade física (McArdle 2011). O metabolismo em repouso representa cerca de 70% do nosso metabolismo total. Uma parte dele é determinada pela idade e genética, fatores que não podemos modificar, mas com recursos nutricionais, hormonais e mudanças no estilo de vida – principalmente pela prática de atividade física – podemos acelerar a forma como o organismo queimará calorias. A massa muscular é o fator determinante do metabolismo em repouso, por isso os homens normalmente têm a taxa metabólica maior que as mulheres: Quanto mais massa muscular, mais o metabolismo total e de repouso serão acelerados. Os exercícios aumentam a taxa metabólica devido ao estímulo da massa muscular, elevam também o percentual do metabolismo relacionado com a atividade física. Quando se pretende a diminuição do percentual de gordura, é importante associar a prática regular de exercício físico.

Testes de avaliação física

Descalço e sentado junto à caixa de medição, estende completamente uma das pernas, ficando a planta do pé em contacto com a caixa. O outro joelho fica fletido com a planta do pé assente no chão e a uma distância de aproximadamente 5 a 8 cm do joelho da perna que está em extensão. Os braços estão estendidos para a frente e colocados por cima da fita métrica, com as mãos uma sobre a outra. Com as palmas das mãos viradas para baixo, e os dedos médios sobrepostos, fletir o corpo para a frente 3 a 4 vezes, mantendo as mãos sobre a escala. Deverá manter a posição alcançada na quarta tentativa, pelo menos durante 1 min. Depois de medir um dos lados, o aluno participante troca a posição das pernas e começa as flexões do lado oposto. É registado o resultado, expresso em centímetros, obtido em cada um dos lados.
Posição inicial de execução de flexões de braços  Membros superiores estendidos com mãos apoiadas à largura dos ombros; mãos apoiadas por baixo dos ombros; tronco e membros inferiores em prancha (alternativa com apoio dos joelhos). Execução do número máximo de flexões de braços sem pausas. São consideradas flexões válidas se, na fase descendente, o cotovelo fizer um ângulo de 90º; na fase ascendente tem de haver completa extensão de braços. O teste acaba à segunda flexão inválida. Realização sobre um tapete.
Posição de supino deitado num tapete com os joelhos fletidos a 90º e pés afastados. Mãos posicionadas na cabeça/nuca, elevações do tronco de forma a que as omoplatas deixem de tocar no tapete. As costas e a cabeça apoiam totalmente no tapete antes da repetição seguinte, sem pausas ou períodos de descanso. Os calcanhares permanecem em contacto com o tapete. O teste deve ser repetido ao máximo de 75 vezes ou até à segunda incorreção.  
O praticante coloca-se atrás da linha de partida marcada no chão do ginásio; ao primeiro sinal, começa a correr o percurso de parede a parede do ginásio em linha recta, pisando ou ultrapassando a linha de partida e tocando na parede oposta. São contados o número de percursos executados em 2 minutos.  

Plano de exercícios (exemplo)

NOTA: O PTweb é um programa de treino personalizado do Consultório do treino cujos conteúdos disponíveis neste website são apenas para consulta, sendo meramente informativos para o público em geral e para os nossos clientes em particular (área reservada).Os exercícios apresentados são meros exemplos fáceis e acessíveis, mas, não devem ser executados sem preparação física adequada e aconselhamento profissional específico.O Consultório do treino não se responsabiliza por quaisquer inconvenientes, perdas, lesões, acidentes, doenças ou danos pessoais consequentes da prática irresponsável dos nossos exercícios de exemplo. Ao utilizar os nossos conteúdos é sua responsabilidade pessoal conhecer os seus próprios limites e capacidades necessárias para a atividade física que está a executar.Nem todo o tipo de exercício físico é adequado a qualquer pessoa devido ás características pessoais de cada individuo. Se sentir incómodo, tonturas, mal-estar ou outro sintoma adverso durante a prática deve parar imediatamente e consultar o seu médico ou treinador.